A você que levanta com o sol e está sempre disposto a derramar seu suor em prol do sustento alheio. Que, faça chuva ou não, está sempre lá a debruçar o olhar sobre as mudas até que as mesmas se transformem em frutos. Que quando a chuva vem demais ou o sol esquenta, sofre dentro da alma a perda de toda a colheita. Que o céu lhe seja sempre justo e lhe traga a dose certa água, calor e também uma dose extra de esperança.

A VOCÊ, PRODUTOR RURAL, RECEBA NOSSOS PARABÉNS E MUITO OBRIGADO!

ARCAG – ASSOCIAÇÃO RURAL E CULTURAL ALEXANDRE GUSMÃO