ARCAG 2016

Iniciativa certeira da Emater/DF o 1º Colha e Pague Morango foi sucesso na 21ª Festa do Morango de Brasília em Brazlândia.

Brazlândia é a sétima maior produtora da fruta no país, são mais de 6 mil toneladas produzidas anualmente, em um negócio que movimenta R$ 30 milhões. Para comemorar esses números, a ARCAG – Associação Rural e Cultural Alexandre Gusmão realiza todos os anos (desde 1995) a famosa Festa do Morango na sede da entidade, no Incra 06. O evento é o maior acontecimento gerador de agronegócios para a fruta no Centro-Oeste.

A geração de emprego e renda, oriunda da produção de morango, nos campos abertos e nas estufas, são gerenciados por 180 produtores que abrem cerca de 1,5 mil postos de trabalho no setor agrícola da região produtora do DF. Além da fruta “in natura” são também produzidos doces, tortas, polpas de fruta e uma série de iguarias e produtos à base de morango.

Todas essas iguarias podem ser saboreadas durante a festa na “Morangolândia” – espaço de exposição do evento exclusivo para os produtores e fornecedores de morango e também na praça de alimentação montada no interior do evento. O cardápio delicioso da festa inclui tortas, pavês, geleias, gelatinas, compotas, sorvetes, morango no palito com cobertura de chocolate, bombons, mousses, rocamboles, licores e sucos.

Em 2016, como parte da programação da 21ª Festa do Morango foi criado o 1º colha & Pague Morango. Uma iniciativa da parceira da ARCAG, Emater/DF, que criou essa atração diferente para os visitantes da Festa do Morango. Segundo o Gerente do escritório local da Emater, em Brazlândia, Rodrigo, o Colha & Pague dá ao visitante da festa a opção de colher a fruta no local onde ela é produzida. Na edição de 2016 da FMB foram duas opções de ida à chácara da produtora agrícola Maria Cleuza de Barros: uma de manhã, das 9h30 às 11h, e outra à tarde, das 13h30 às 15h. No passeio, os visitantes lancham e colhem morango diretamente da plantação.

Fotos: Arquivo ARCAG (Antônio – Mais Que Foco)